Sites Grátis no Comunidades.net
Sapatos de carneira bebe

Sapatos de carneira bebe

59. Banzhao – o Tratado das Mulheres.

Humildade: No terceiro dia após o nascimento de uma menina, os antigos observavam três costumes; primeiro, colocar o bebe debaixo da cama; segundo, dar-lhe um caco de cerâmica quebrada para brincar; terceiro, anunciar seu nascimento para seus antepassados por meio de uma oferenda. Colocar o bebê debaixo da cama indica claramente que ela é humilde e fraca, e que deve considerar antes seus deveres para com os outros do que para si mesma. O caco de cerâmica a ensina que deve conhecer bem cedo seus ofícios, e trabalhar bastante para ser conhecida como dedicada. O anúncio do nascimento aos antepassados significa nitidamente que ela tem o dever fundamental de dar continuidade a família, aos ritos e ao serviço.

O contraponto do discurso misógino que se apresenta na época Han está nos anônimos “Livros de Alcova”, surgidos neste mesmo período. Tratados deste gênero foram achados em tumbas Han, ou mantidos por uma tradição intelectual que se recusou a aceitar a posição de submissão da mulher na sociedade, e mostram que um outro entendimento sobre o feminino a colocava em posição de destaque num ponto de vista social e cósmico.

O caminho do Homem e da Mulher: Assim falou o mestre da Harmonia Inicial Primitiva:

Chang Tai (1597+1689) nos fornece, aqui um quadro incômodo sobre as atividades de vendas de mulheres na China Imperial. O texto a seguir trata do mercado de concubinas, escravas sexuais e domésticas, relativamente comum na época, e que envolvia pessoas empobrecidas que não podiam mais sustentar suas filhas.

Zeng Guofan (1811+1872) foi um general de renome entre os Qing, e deixou uma correspondência familiar que revela muitos dos detalhes cotidianos da época. Nesta, ele deixa conselhos sobre como tratar as mulheres da família, mostrando a consolidação plena do machismo nesta época.

Quando a noiva (nora) entra em nossa família, deve ser ensinada a ir à cozinha e aprender a costurar, e também a manejar a roda de tecer. Não se deve permitir que ela fique ociosa, pelo fato de vir de um lar rico.

O texto de Yu Huai (1617 + 1697) é o primeiro estudo sobre a origem do enfaixamento dos pés, hábito que apavorava os ocidentais chegados a China no século 19. Uma moda estética terrível - mas que não era diferente, porém, do deformante espartilho europeu ou das exaustantes exigências modernas de beleza. Foi proibida no final do século 19, e novamente pela república em 1911, mas apenas como tempo o costume cedeu a modernidade.

Maozedong, apesar de ser conhecido como um temido guerrilheiro comunista e organizador de um dos regimes políticos mais duras do século 20, foi igualmente um promotor da igualdade entre os sexos. Abolindo as antigas leis dos casamento, promovendo a entrada das mulheres no mercado de trabalho, e ensejando sua participação nos quadros políticos do partido, Mao combateu intensamente as tradições machistas do passado, alcançando um substancial sucesso nas áreas mais urbanizadas e na educação.

Mesmo a política de Mao a respeito das mulheres não foi suficiente para modificar alguns dos hábitos ancestrais chineses, o que foi constatado por Xinran Xue, radialista e autora que mantinha um programa dedicado as mulheres. A constatação de que o preconceito e a intolerância continuavam foi uma terrível descoberta, mostrando que muito ainda tinha que ser feito neste campo dentro da própria China. Sua obra, “As boas mulheres da China”, é uma coletânea de relatos sobre o tema.

7 comentários:

Adorei o artigo A mulher na china. Parabéns

Muito Obrigada, não estava conseguindo achar em lugar nenhum, você me ajudou muito, Obrigada mesmo. ^^

Morei lá. Estou impressionado com seu conhecimento. Parabéns.

Você salvou uma vida! E isso não tem preço!

Você salvou uma vida! E isso não tem preço!

Gostei muito. Obrigada. Pena que não tenha nehuma poesia alusiva à condição feminina. Se tiver idea de como poderei consegui-la, não deixe de a referir.